segunda-feira, março 17

Espetáculo apresenta produções de escola em tempo integral
Um espetáculo de dança e música mostrará, amanhã, 29, um pouco do que a Escola Municipal de Ensino Fundamental Neusa Goulart Brizola realiza por meio do projeto Cidade Escola. A iniciativa é do grupo de danças da escola e conta com a participação de cerca de 50 alunos atendidos nos núcleos de dança e música no turno inverso ao das suas aulas. A apresentação ocorrerá no palco do Teatro de Câmara Túlio Piva (Rua da República, 575, Cidade Baixa), das 19h às 21h.

Frevo, côco, samba, ciranda, danças tradicionais gaúchas e de fandango, tango, percussão, flauta doce e poesia serão algumas das atrações que desfilarão pelo palco do teatro. A entrada é franca. Integrante da coordenação do evento, Leandro Maia destaca que o grupo de danças da escola existe há mais de dez anos e, pela sua importância, foi incorporado ao projeto-piloto de escola em tempo integral, intitulado Cidade Escola.

Maia acrescenta que, além da dança, o projeto Cidade Escola implementado na Neusa Brizola em 2006 conta com núcleos de música, informática, letramento, esporte, teatro e artes visuais. Maia explica que a escola levará ao Túlio Piva o espetáculo Costurando expressões, "dividindo com o público as experiências artísticas que realizamos, no dia-a-dia da escola, nos núcleos de dança e no projeto Som da Cidade do núcleo de música”, observa.

Som da cidade
Tratar a educação musical como política pública, a partir de um viés pedagógico, é o objetivo do projeto pioneiro na Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre, ‘Som da Cidade’. Desenvolvido inicialmente, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Neuza Goulart Brizola (Rua Monsenhor Rubem Neis, s/n°, Cavalhada), o projeto abrange, desde agosto, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Migrantes (rua Severo Dúlios, 165, bairro São João). A Migrantes também integra o projeto de educação em tempo integral ‘Cidade Escola’.

O “Som da Cidade” propicia envolvimento musical global dos alunos por meio do aprendizado de instrumentos musicais, canto e práticas de conjunto, como a organização de coros, pequenas orquestras e conjuntos de música popular. Idealizador do projeto, o professor Leandro Maia enfatiza que a educação musical articula conhecimentos, disciplinas escolares e diversas esferas do Poder Público, como educação, cultura e assistência social.

Nenhum comentário: